Jogar Tug-of-War

Tug-of-War (ou jogo do puxa)

Para além de atirar bolas, muitas pessoas jogam tug-of-war com os seus cães, é algo que deixa os cães super interessados e que desgasta as energias. Até aqui tudo bem.

Mas gostava de alertar para alguns cuidados a ter com este jogo.

É um jogo, quando jogado inadequadamente, pode causar lesões na zona do pescoço e coluna do cão.

No seguimento da situação anterior, não se devem dar puxões fortes, mas sim puxar continuadamente.

O brinquedo deve ser puxado em ângulos largos e abaixo da altura do focinho do cão, se pensarmos num cão de pé, com as 4 patas assentes no chão.

Dito isto passamos ao jogo em si.

E aqui deixem-me perguntar:

Alguém tem que ganhar sempre?

Correm atrás do vosso cão ou ficam zangados se ele consegue tirar-vos o brinquedo das mãos e fugir com ele?

Já ensinaram ao vosso cão algum controlo de impulsos ou o “Larga”?

Para mim estas são aprendizagens essenciais para jogar este jogo.

Nunca transformem um jogo, numa guerra de “quem manda aqui”, todos os meus cães jogam este jogo com bastante entusiasmo, mas tanto ganho eu, quanto os deixo ganhar. para ser sincera, deixo-os mais vezes ganhar, do que aquilo que eu ganho. Porquê? Porque eu tenho recursos que eles não têm. Sou eu que digo quando o jogo começa e quando acaba e ainda sou eu que tenho a palavra “larga” à minha disposição para controlar o jogo. Portanto, prefiro que eles ganhem muitas vezes e digo-te já, normalmente festejo com eles quando me “tiram” o tug, ou eu o largo. E as celebrações nunca são com aproximações minhas ao brinquedo ou ao cão, mantenho-me no meu sitio, ou até me afasto.

Se o cão trouxer o tug de volta, voltamos a brincar, se não trouxer, “perco o interesse” no jogo e vou-me embora. Recolho o brinquedo mais tarde quando já não existir conflito sobre quem fica com o brinquedo.

Todos os meus cães vêm alegremente devolver o brinquedo para reiniciarmos o jogo e nunca tive que lhes ensinar especificamente isso, simplesmente se querem continuar a brincar, irão faze-lo.

Por ultimo, a brincadeira acaba, com a troca por um biscoito ou outro coisa que lhe interesse, sem existir perda para qualquer das partes. Mesmo terminado o jogo, a interacção é positiva.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.