Porque os castigos não funcionam?

Os castigos tradicionais, ralhar, bater, deixar sem comer, limitar o acesso a um espaço, são opções que no máximo nos fazem descarregar a frustração, mas que em nada contribuem para ajudar os cães a compreenderem que fizeram alguma coisa errada.

O erro começa em assumirmos que eles se sentem culpados! Pois quando assumimos isso significa que pensamos que eles sabem o que nos alterou a disposição! Mas, eles não fazem a mínima ideia! A única coisa que querem é ajudar a acalmar-nos!

Digo muitas vezes que só a infinita tolerância dos cães, faz com que não existam mais mordidas! 🙂 Para eles somos muitas vezes doidos e inconsistentes, mas o amor que eles nos têm suporta até esses momentos!

Agora, se assumirmos que, quando entramos numa divisão da nossa casa e encontramos algo estragado a primeira pessoa que temos que culpar somos nós próprios, estamos no bom caminho para começar a resolver a questão.

Antes de pensarmos naquilo que ele fez errado, devemos pensar naquilo que lhe deixamos para fazer.

Se ele tem um comportamento incorreto, podemos questionar o que investimos do nosso tempo a ensinar o comportamento adequado.

Se não nos zangamos com as crianças porque não sabem comer à mesa com garfo e faca, nas primeiras vezes que se sentam connosco e precisam de ajuda e apoio para a comida não voar do prato, porque nos zangamos com os cães por colocarem os dentes no objeto errado?

Se as crianças demoram 2 anos ou mais a aprenderem a ir à sanita, porque é que o cão não se pode enganar ou distrair?

Se demoramos anos a aprender a etiqueta social, porque pretendemos que cachorros de poucos meses se comportem adequadamente horas a fio?

Estas são algumas questões que gosto de colocar às famílias e que te deixo para reflexão. Os cães fazem tudo o que podem para ter a nossa atenção e não pedem nada pela atenção que nos dão.

Está na hora de cãopreenderes melhor o teu cão?

Se existem comportamentos do teu cão que te deixam confuso, não te esqueças de subscrever a newsletter e não perder nenhum artigo. Se por outro lado pretenderes marcar uma mentoria, contacta-me por whatsapp.

(link whatsapp e newsletter)

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.